27 de junho de 2010

POR TI, SOL!


Mesmo que os olhos não te alcancem
E a voz emudeça,...em mim,...

Vadia vagueo ao vento
Que varre o vazio da tua ausência,...

Vida minha,
Que em Sol Maior acaricia
Cordas e traves da viola apaixonada
Em raios e luas ensolaradas,...

E, o mundo acorda,... e o dia amanhece,...
E, o sorriso corre ao vento
Que recolhe o momento da vaga noite
Que se transformou em condão , em vara,...
E varou o céu ,...
Ao teu encontro...
E,...aqui está!!!

Por ti, Sol!!!

(VALéria CRIStina)

Um comentário:

Srtª Bêêh disse...

Lindoo!!
Sol... nossa essencia...