31 de março de 2009

QUANDO ACORDEI...


Simultaneamente ao sono que ainda sinto

E ao desejo de continuar na cama,

Fechar os olhos e dormir novamente,

Uma vontade curiosa de olhar o dia

E, acordar para sentir as surpresas

Que nele eu possa encontrar,

Transformam-me numa imensa

Criança boba cujo prazer é

Rasgar o papel do presente,

Desembrulhar impaciente

E ficar muito feliz, feliz demais,

Mesmo não sendo o presente

Exatamente o que ela ‘pede’

E, sim o que ela ‘necessita’...

Pois, quando Deus faz amanhecer

E me entrega o dia,

Nos olhos e no coração,

Ele sabe o quanto eu preciso

Da Luz de um amanhã

Para que eu possa fazer dele

Um berço ...e renascer!



(Val...)



Obrigada, SENHOR,

por mais essa ATITUDE DE AMOR:

Os DIAS, as MANHÃS, a LUZ

E o meu RENASCER em TI!!!

2 comentários:

A.S. disse...

Tudo renasce!
O próprio milagre da vida é o renascer de todo o Universo!!!


Beijos...

Tatiana disse...

Renasça e nos encante também com suas palavras, Val!

Um beijo com o meu carinho