16 de março de 2009

SE...SE...


Se o sol não te trouxesse até mim
Se a chuva na terra não exalasse teu cheiro
Se a noite não te abrigasse em meus sonhos
Se o mar não gritasse teu nome
Se...
Se...
E, se...
Eu não te amasse tanto assim....
Buscaria outro sol
Transbordaria minh’alma em gotas congeladas de orvalho
Sentiria o perfume de flores solitárias e cansadas
Alagaria meus sonhos em mares de águas mundanas
Seria do avesso e atravessaria oceanos
Buscando o amor
O amor que em ti acreditei...
(Val...Puro Momento!)

Um comentário:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Val,

Se, se, se... mesmo com tanto ''se'', você o amaria.

Maravilhosa terça

=]

Rebeca

-