20 de outubro de 2008

DO LADO DE LÁ



Vim de um momento
Onde a chuva alegrava o dia
Onde o frio me aquecia
Em lençóis que desdobravam sonhos
Onde as palavras eram mel e hortelã...
A pele, pétala onde pousavam
Serenas borboletas azuis...e,
O mar se empolgava com o vento
Em brancas espumas de ondas levadas
Como lábios sedentos no colo da areia...

Vim do lado de lá
E ainda sinto em mim
O perfume de alecrim
O cheiro de mato e estrelas
O gosto do teu beijo
A ternura de tuas mãos
O sabor do teu desejo...

(Val...)

3 comentários:

Tatiana Moreira disse...

Lindo de viver...cada palavra aqui encontrada!
Meu eterno carinho, amizade e admiração!

AneteMG disse...

Oi1 val querida!
Te achei por aqui graças a mana Jane!
Tá muito lindo seu cantinho, aqui não sei fazer muita coisa por isso quase não apareço, mas a Jane me despertou para aqui novamente.
Bjos
Anete

Aline e Fabrício disse...

Oi Val
estou linkando vc no meu canto
hoje postei uma poesia sua lá
te admiro muito!
Beijos