4 de outubro de 2008

POR TEU AMOR



Caminhos e curvas,
Atalhos e ventos contrários...

Direção e sentido

Projetos e propósitos...

Nada tão fácil,

Tudo provável.

Tudo POSSÍVEL.

Pelo brilho do teu olhar

Por tuas mãos que me acariciam

Pelas palavras que de ti me alimento

Pelo sorriso dos teus lábios

Pelo teu abraço e tua paz

Pela suavidade da tua presença

Por teu amor

Por ti...

(Val)

Um comentário:

lola disse...

Parto no exato momento da ponte que se desfaz no infinito. Mas ainda volto para o horizonte dos olhos que amo tanto.